Resenha Nerve


Livro Nerve
Editora Planeta
Livro cedido pela editora
Avaliação: 3/5
Onde comprar :Loja virtual
Vee é uma garota que está acostumada a viver atrás das cortinas do teatro coordenado as peças quando deveria estar sobe os holofotes, durante muitos anos Vee vive a sombra de sua melhor amiga Syd, que é uma das garotas mais lindas da escola e sempre tem os garotos aos seus pés. Vee tem problemas com seus pais e está de castigo a algum tempo por algo que fez e seus pais não acham que ela possa ser responsável. Vee acha que não há nada de muito especial nela, nem extasiante e é exatamente por isso que ela entra no Nerve.


“Por que alguém como eu entra em um jogo como esse? ”
Nerve é um jogo muito popular entre os adolescentes e jovens, é um reality show que leva as pessoas a testarem seus limites, quando um desafio é cumprido o jogador ganha um prêmio, para
participar desse jogo Vee deveria gravar um vídeo online que seria postado na plataforma online do jogo, e se tivesse audiência ela poderia participar de uma partida online onde todos seriam observadores do seu desafio e ganharia prêmios irresistíveis.


Vee no início se sente constrangida com o seu primeiro desafio, mais logo ela se sente extasiada, finalmente ela conquistou o seu lugar; em baixo do holofote. A medida que o jogo segue Vee desperta o interesse dos observadores e quando ela menos espera Nerve a leva até Ian, um garoto lindo e incrível que também está participando do jogo, juntos eles cumpriram muitos desafios.

“Antes que eu encontre um jeito de induzi-lo a falar “vitória” ou “vivissecção”, meu telefone e do dele tocam ao mesmo tempo, a mesma voz de criança fazendo ruídos infantis, um som que me faz pensar em um filme de terror. É o toque do NERVE. E o nosso próximo desafio. ”

A medida que o jogo avança os prêmios ficam ainda melhores, Nerve parece saber exatamente o que o jogador deseja e usa isso ao seu favor, mas os desafios que antes eram apenas constrangedores se tornam perigosos, Nerve está em todo lugar, onde quer que Vee vá há um observador... E o jogo está apenas começando.

“Essa era a pior parte, não saber como era o inimigo, enquanto sua imagem ficava disponível para todos, como uma versão perversa de um jogo de cartas. ”

Ler Nerve é como estar assistindo um programa de televisão, você fica ansioso o e tenso por cada desafio que o jogador tem que cumprir.

Nerve não é apenas um livro sobre um jogo, trata também sobre dramas típicos de adolescentes. Tais como inseguranças, medos, brigas e paixão. Nerve tem um enredo que instiga o leitor juntamente com a sua escrita rápida e fluida, mas ainda assim poderia ter sido melhor, digo isto por que no início do livro eu estava lendo desesperadamente, louca para saber o que de tão perigoso ia acontecer e bem não foi tão bom assim.

Eu amo Pretty Little Liars, Gossp Girl o Scream e eu esperava algo nesse nível, o enredo e a aposta do livro foi muito boa e inovadora, mas faltou algo, a autora poderia ter se aprofundado mais nos personagens e ter deixado a história um pouco mais perigosa sem sair do realismo. 

Eu tenho um grande problema com YA e mesmo assim não deixo de ler, pois acredito que existem exceções, a maioria dos personagens de YA são imaturos e egoístas, sem justificativa, e Vee tem um pouquinho disso dentro de si, mas é aceitável quando começamos a conhecer a personagem.

Nerve é um livro bom , no entanto se houvesse uma atenção a mais com os personagens poderia deixar o livro ainda melhor :D