Resenha Romance entre rendas | As modistas #4


Romance entre rendas
As modistas #4
Livro cedido pela Editora Arqueiro
Avaliação: 5/5
Onde comprar: Amazon


Sinopse: Que lady Clara Fairfax é dona de uma beleza estonteante, Londres inteira já sabe. Mas a fila de pretendentes que bate à porta de sua casa com propostas de casamento já está irritando a jovem.
Cansada de ser vista apenas como um ornamento, Clara decide afastar-se um pouco da alta sociedade e se dedicar à caridade. Um dia, numa visita a uma obra social, ela depara com uma garota em perigo e pede ajuda ao alto, sombrio e enervante advogado Oliver Radford.
Radford sempre foi avesso à nobreza, mas, para sua surpresa, pode vir a se tornar o próximo duque de Malvern. Embora queira manter sua relação com Clara no campo estritamente profissional, aos poucos ele percebe que ela, além de linda, é inteligente, sensível e corajosa.
E quando a perspectiva de casamento se aproxima, tudo o que Radford pode fazer é tentar não perder a cabeça por Clara. Será que a herdeira mais adorada da sociedade e o solteiro menos acessível de Londres serão vítimas de seus próprios desejos?
Em Romance entre rendas, livro que encerra a série As Modistas, Loretta Chase nos brinda com uma história envolvente e cheia de paixão, com personagens fortes e marcantes.

Oliver Radford foi considerado abominável durante boa parte da sua infância e ganhou o apelido de corvo por sua aparência peculiar. Sempre fora diferente dos outros meninos, apesar de viver na aristocracia ele a abomina, Oliver gostava mesmo era de estar entre os livros obtendo o maior conhecimento que pudesse, o que fez com o ele sofresse bastante e sua infância.

Oliver conheceu a Lady Clara ainda em sua infância. Assim como ele, ela também era uma criança esperta e diferente das outras meninas da sua idade. Eles se viram apenas uma vez, mas nenhum dos dois se esquecera daquele dia.

Clara Farifax é a dama mais desejada de Londres, tem uma fila de homens que dariam de tudo para se casar com ela, mas isso não a deixa nada feliz. Clara é uma jovem inteligente, feminina e deseja um homem que a entenda e não a veja como um ornamento.

“Ele se lembrou da menininha inteligente, corajosa e cheia de vida. E agora percebia como a vida de dama a deixara presa, como se estivesse em uma gaiola. Ele entendeu, pois era inteligente demais para não fazê-lo, que ela estava sufocando.”
 
Cansada de tantos pedidos e propostas, ela decide dedicar-se a caridade, a jovem descobre que um garoto está desaparecido e decide buscar ajuda de um advogado. Com isso acaba reencontrando Oliver, após tantos anos.


“Ela o estudou por algum tempo, da mesma maneira que fizera antes. Nada naqueles inquisidores olhos azuis lhe dizia que ela se lembrava dele.”

Mas... isso não o deixa muito animado, afinal o que Clara estava fazendo não é apropriado para uma dama, além de que essa aventura poderá colocar a sua vida em risco. Mas Oliver não consegue dizer não para Clara, então eles começam a trabalhar juntos. Mas as coisas saem do controle quando a inevitável atração toma conta deles.

“Ela era bela demais para um mero ser humano racional. Ela era Calipso, Circe ou a própria Afrodite – as místicas enfeitiçadora de homens.”

Clara e Oliver começam a nutrir sentimentos um pelo outro, mas é uma relação que está fadada ao fracasso, pois a família de Clara só permitirá que ela se envolva com alguém com ducado, e Oliver abomina a aristocracia.

Ual! Um dos melhores livros da série, confesso que demorei a me envolver com a história, pois eu estava com um ressaca literária terrível, mas não demorou muito e logo fui fisgada pelo enredo da história.

Diálogos bem construídos, divertidos e intensos. Loretta traz mocinhas brilhantes, com uma extrema força e coragem, que servem como inspiração independente da época em que se passa.

Eu estava muito ansiosa por esse volume, que finalmente fecha a série As modistas, tenho acompanhado a cada lançamento. Nos livros anteriores a autora deu um grande ênfase a Lady Clara, eu estava muito intrigada com ela desde o início e louca para conhecer a sua história. Assim que o livro chegou na minha casa peguei para ler, Lady Clara desde o início se mostrou ser uma dama fora dos padrões por sua maneira de se portar e lidar com diversas situações, mas eu me surpreendi, por que ela é muito inteligente, mas do que eu imaginei e sofre por causa da sociedade opressora da época.

A primeira cena do livro é a minha favorita, mostra Lady Clara e Oliver ainda na juventude, no exato momento em que se conheceram, podemos ver a personalidade de cada personagem, conhecendo-os a fundo.

A forma como o romance vai nascendo é lindo! Os dois começam com uma amizade, depois se sentem admirados um pelo outro e enfim quando menos esperam percebem que estão apaixonados, o que deixa a história bem real. Os diálogos entre eles foram as minhas partes favoritas do livro, são divertidos e cheios de sedução.

Romance entre as rendas mostra como realmente é a vida por trás da aristocracia, mostra como a sociedade era opressora na época e como isso fazia com que as damas vivessem presas dentro de si mesmas. Eu sempre soube que de fato havia os menos desafortunados, mas raramente isso é mostrado nesses romances, a forma como a autora abordou o assunto, mostrando as escolas, gangues e hospitais me fez enxergar além do romance entre os personagens.

Enfim, é um livro fantástico. Loretta nunca me decepciona!