Como se casar com um marquês #2 | Editora Arqueiro

Como se casar com um marquês

Julia Quinn
Agentes da Coroa #2
Livro cedido pela Editora Arqueiro
Avaliação: 5/5
Onde comprar: Amazon

Sinopse: Elizabeth Hotchkiss precisa se casar com um homem rico, e bem rápido. Com três irmãos mais novos para sustentar, ela sabe que não lhe resta outra alternativa.
Então, quando encontra o livro Como se casar com um marquês na biblioteca de lady Danbury, para quem trabalha como dama de companhia, ela não pensa duas vezes: coloca o exemplar na bolsa e leva para casa.
Incentivada por uma das irmãs, Elizabeth decide encontrar um homem qualquer para praticar as técnicas ensinadas no pequeno manual.
É quando surge James Siddons, marquês de Riverdale e sobrinho de lady Danbury, que o convocou para salvá-la de um chantagista. Para realizar a investigação, ele finge ser outra pessoa. E o primeiro nome na sua lista de suspeitos é justamente... Elizabeth Hotchkiss.
Intrigado pela atraente jovem com o curioso livrinho de regras, James galantemente se oferece para ajudá-la a conseguir um marido, deixando-a praticar as técnicas com ele. Afinal, quanto mais tempo passar na companhia de Elizabeth, mais perto estará de descobrir se ela é culpada.
Mas quando o treinamento se torna perfeito demais, James decide que só há uma regra que vale a pena seguir: que Elizabeth se case com seu marquês.

Já contei para vocês que estou completamente viciada na escrita da Julia Quinn? Quando comecei a ler Como agarrar uma herdeira eu não consegui largar o livro, o enredo era diferente de tudo que eu já havia lido antes. Terminei o livro louca para conhecer a história do James, o amigo do Blake.

Assim que Como se casar com um marquês chegou a minha casa, comecei a ler e logo me vi presa novamente a escrita da Julia, mas chega de conversa! Vamos conhecer a história do marquês de Riverdale e a doce Elizabeth.

Elizabeth é a filha mais velha e desde a morte dos seus pais tem cuidado dos seus irmãos. Mas as coisas estavam indo de mal a pior, pois, apesar de vir de uma família que possui de fato um título, seu pai não havia lhe deixado praticamente nada. Agora a jovem trabalha como dama de companhia da Lady Danbury para trazer sustento a sua família.

Mas não era o suficiente, nunca seria. Para que seus irmãos recebessem a educação que lhe era devida Elizabeth precisava de muito dinheiro, e nunca conseguiria tal quantia sendo uma dama de companhia, ela sabia disso.


“Ela teria que se casar. E o marido precisaria ter muito dinheiro. Era simples assim. ”

Elizabeth acaba encontrando um livro chamado Como se casar com um marquês, com regras e ensinamentos de como conquistar um marquês, em uma de duas idas até a biblioteca da Lady Danbury e o leva para casa, ela achava aquilo tolo, mas de fato havia lhe chamado atenção. Sua irmã Susan vê o livro e acha as regras de sedução infalível, e mesmo relutante Elizabeth decide aceitar o conselho da sua irmã e treinar os decretos do livro.

Nesse meio tempo um novo administrador chega à casa da Lady Danbury, mas ele não é nada mais, nada menos, que James, o marquês de Riverdale, sobrinho da Lady Danbury. Ele está trabalhando na casa disfarçado, pois sua tia está sendo chantageada, e é aí que a irmã de Elizabeth tem a brilhante ideia dela treinar todas as regras e os decretos do tal livro com ele.
 “Elizabeth se virou, com um sorriso radiante no rosto. Jogaria seu encanto naquele homem até que... até que... ora, até que ele ficasse encantado. ”

Mas quando James conhece Elizabeth está certo de que ela é a pessoa que está chantageando sua tia. Então assim como Elizabeth ele decide se aproximar dela, só que com outras intenções...

O que Elizabeth não esperava é que ela fosse se apaixonar pelo “administrador”, e com isso conseguir casar-se com uma pessoa que não fosse James seria impossível. Mas ela não pode deixar de lado a ideia de se casar, assim como não pode deixar de lado seu amor de lado...

Já posso surtar? POSSSO SIM!

QUE LIVRO FANTÁSTICO.

Julia Quinn trouxe mais uma vez um romance inovador, com personagens reais, carismáticos que conquistam o coração do leitor logo nas primeiras páginas.

Elizabeth é uma jovem divertida, sem papas nas línguas e completamente desastrada. Adorei cada traço de sua personalidade, pois a Julia soube moldá-la de forma que a jovem tivesse sentimentos reais. Sua personalidade sem dúvidas, é no mínimo marcante.

James, ah esse havia conquistado meu coração logo no primeiro livro. Apesar de ser um aristocrata o marquês Riverdale é um homem carismático e encantador, é impossível não se apaixonar por ele. Cada gesto de carinho com a Elizabeth me fez suspirar!

Uma das coisas que eu amei ver no livro foi a união entre os irmãos, mesmo em meio a dificuldade. Quando eu leio romances de épocas estou acostumada com um tratamento mais formal e frio quando se trata de família, não me parece algo sólido e não é algo que me agrade muito, mas entendo que faz parte da época. Mas nesse livro a união é linda de se ver, me apaixonei por cada um dos seus irmãos.

O livro tem diálogos dinâmicos que não deixam a leitura cansativa. Uma das coisas que eu amo na Julia é a sua simplicidade, isso é uma característica marcante nela. Ela consegue trazer; sentimentos, descrições de locais, diálogos e etc. tudo na medida certa.

Ah não posso deixar de falar do passado dos personagens — sem spoiler é claro. QUE TIRO FOI AQUELE? Cada vez que eu descobria mais sobre o passado dos personagens mais a minha garganta se fechava e as lágrimas rolavam.

A única coisa que ficou de fora foi de fato “agentes da coroa”, mas sinceramente? Nem senti falta, o enredo por si só compensou esse fato.

Um livro divertido, tocante e único que vale muito a pena ser lido. Se ainda não leu nada da Julia, comece com Como agarrar uma herdeira e logo depois leia esse, você não irá se arrepender.
 “E você é amada, Elizabeth. Até o meu último suspiro e pela eternidade depois disso...”