Dartana #1 | André Vianco

 
Dartana #1
André Vianco
Livro cedido pela Editora Fábrica 231
Avaliação 4/5

Os moradores do planeta de Dartana estão envoltos por uma maldição que assombra toda a população há séculos, esta maldição não permite que os seres humanos possam pensar, nem ter conhecimento de nada, suas mentes eram vazias e algo aparentemente simples como dar um nó ou fazer uma cerca se tornava impossível sem o conhecimento. Algumas pessoas tinham o dom, por menor que seja algumas pessoas conseguiam pensar em pequenas coisas, no entanto havia também os vorazes, criaturas que devoravam todo conhecimento ou pensamento daqueles que o tinham.
Mas em meio a essa maldição existiam seres que tinham o dom de pensar, que eram as feiticeiras, a maior parte da população era fascinada por elas, pois elas tinham uma ligação com o místico podendo alcançar o saber. Muitas das vezes até realizavam feitos para a população, mas tudo havia um certo preço.


Mas em meio ao caos e a maldição, existe algo que mantém a esperança nos corações do dartanas, para serem livres da maldição eles deveriam vencer a guerra juntamente com o seu deus.

O povo de Dartana era abençoado por um deus de tempo em tempos, esse deus se levantava em Hangar e levava todos aqueles que tinham desejo e que estavam aptos para lutar ao lado do deus, eles marchavam em direção a um portal onde acreditava-se dar caminho para um mundo melhor, mas nenhum deus havia obtido sucesso, e o último deus havia partido e levado consigo a esperança e muitas vidas.

“Quando o deus da guerra caminhava, a centelha se transformava e a esperança ardia, em cada dartana, agora imbuídos d a esperança de um dia dar o direito ao povo daquela terra de evoluir legar um futuro melhor e menos sofridos aos descendentes. O Divino tinha esse efeito inebriante de terror e euforia, costurando linhas que uniam os habitantes da escura Dartana e um dia os levaria ao encontro do sublime. ”

Enquanto estamos envoltos pelo universo de Dartana somos levados a São Paulo, onde conhecemos Doralice uma doce menina que acredita em Deus e que tem muita curiosidade a respeito do mundo, ultimamente ela dizia que uma deusa estava conversando com ela, e isso deixava seus tios apavorados, pois tinham medo que a filha fosse pelo mesmo caminho dos pais e acabasse morta.

Já em Dartana conhecemos um casal de namorados, uma jovem menina que acha que o seu destino é lutar ao lado do deus que se levantará e o seu namorado que fica aterrorizado com a ideia de ter que lutar, pois na guerra muitas vidas eram perdidas.

“-Torço para que ele demore e para que eu seja velho demais para ir para a guerra. Prefiro ficar aqui, com as pessoas que eu gosto, com você do que me arriscar do outro lado da luz, num lugar que nem sei se existe mesmo. ”

Uma das coisas que me chamaram atenção foi o fato do autor retratar cada sentimento dos dartanas, pois havia aqueles que acreditavam, os descrentes e aqueles que se rebelavam, conhecemos desde o medo a alegria de poder lutar ao lado do deus. É simplesmente fantástica toda a trama criada pelo autor.

Eu nunca havia lido nada do autor e fiquei complemente viciada com a sua narrativa repleta de descrições e sentimentalismo, eu fui saboreando os livros aos poucos me envolvendo com todo o universo de Dartana.

Outra coisa que me chamou muita atenção foi como o autor foi narrando o livro criando diálogos com personagens que não tinham conhecimento algum sobre nada, e essa foi à primeira coisa que eu pensei quando eu li a sinopse do livro, “como o autor vai devolver a história se os personagens não conseguem pensar”? E o autor simplesmente me surpreendeu muito! Dartana tem uma narrativa inteligente e fascinante, sem dúvidas recomendo.

3 comentários:

  1. Parece um livro com muito mistério e criaturas mágicas. Eu não gosto de fantasia mas achei muito boa a resenha deixa uma curiosidade.

    ResponderExcluir
  2. Minha meta de 2017 é ler pelo menos um livro de fantasia, pra eu ter uma noção de como é, pela resenha parece bom, mas não sei se lendo vou conseguir me prender, preciso comprar um e tirar a prova.

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design