Resenha Você se lembra de mim?


Você se lembra de mim?
Megan Maxwell
Editora Planeta
Livro cedido pela Editora
Avaliação 5/5
Aonde comprar: Amazon

O livro Você se lembra de mim? Traz uma história real e muito emocionante, diferente dos livros da Megan Maxwell esse livro traz uma carga muito mais emocional do que seus outros livros, essa história é baseada na história da sua mãe. O livro é divido em dois a parte um que conta a história da mãe dela e a parte dois dela da filha dela, mas diferente da parte um a parte dois é mais fictícia.

PARTE 1

Carmen e Loli estão deixando seu país de origem em busca de uma vida melhor, o seu país estava passando por uma grande crise e mesmo com a relutância dos seus pais elas estão indo para Alemanha em busca de emprego.

Lá elas conseguem um emprego em uma fábrica, no entanto há diversas dificuldades, o idioma é um grande empecilho no início, elas vivem em uma pensão para mulheres e lá ela encontra mulheres como elas que vieram de outro país em busca de algo melhor e logo se tornam grandes amigas.

Na Alemanha Carmen conhece um lindo jovem americano que está na Alemanha servindo seu país pelo exército, Carmen fica muito relutante em ceder a atração que existe entre eles, afinal todos diziam que se envolver com militares não era algo bom e além disso ele era muito pretensioso e arrogante.

“-Ouçam, esses americanos só querem uma coisa das mulheres. E quando conseguem, não lembram nem o nome delas. ”

No entanto nem ele nem ela conseguem ficar longe um do outro, o que era uma atração se tornou um amor, mas nem tudo ocorre da maneira como eles desejavam, quando o casamento estava marcado é anunciado que o presidente havia sido assassinato, a guerra estava acontecendo e Teddy foi enviado para o Vietnã, e Carmen nunca mais teve notícias dele.

PARTE 2

Alana é fruto do amor que ocorreu em 1960 entre Carmen e Teddy, ela é uma mulher determinada, bem estruturada e bem-sucedida. Apesar de suas indiferenças com a sua chefe Alana ama seu trabalho e da tudo.

Falar sobre seu pai não era o assunto preferido de Alana, afinal ela nunca soube o que realmente aconteceu com o seu pai, agora sua mãe lhe deu um diário no qual ela escrevia naquela época, Alana não deseja saber da história afinal ela não pode sentir falta daquilo que nunca teve, mas ela está engando a si mesma.

Alana já teve um relacionamento que durou alguns anos, no entanto não deu certo e desde então ela nunca pensou em se relacionar novamente, mas algo inesperado acontece, quando Alana vai até Nova York a trabalho ela conhece um lindo homem na qual instantaneamente fica atraída, mas ela descobre que ele é capitão, um fuzileiro naval, isso é o suficiente para fazer Alana fugir, ela não quer que a história dos seus pais se repita. E desde que seu relacionamento de anos foi desfeito Alana foge de todos os tipos de relacionamentos.

“Deixe-me entender: Nova York é enorme, imensa. Por que eu tive que conhecer justamente um fuzileiro naval? ”

Mesmo sem perceber a história está se repetindo, agora basta Alana decidir se vai ou não ceder, se ela vai se permitir viver esse grande amor.

Nem preciso dizer que essa história sem dúvidas nenhuma me emocionou, quaisquer histórias com militares fazem meu coração ficar apertado, é tão real a história do livro que torna tudo ainda mais emocionante, sem dúvidas esse é um dos livros com maior carga emocional da Megan.
Através dos olhos de Carmen e de Loli conhecemos a cultura da Alemanha daquela época, isso para mim foi um dos pontos mais altos do livro, é como viajar sem sair do lugar.

Outro ponto muito positivo do livro é que a autora deu ênfase aos personagens secundários deixando a história ainda mais interessante.

Eu tenho um pouco de medo da autora por conta dos livros eróticos (apesar de ter lido toda trilogia Peça-me o que quiser), eu estava muito receosa sobre como ela lidaria com uma história com tamanha carga emocional e BUM! Ela arrasou, a autora trouxe uma história emocionante, com uma pitada de sensualidade e uma grande amizade, todo o livro é um conjunto de uma ótima história que sem dúvidas nenhuma vale a pena ser lido.

Quem estava com um pouco de receio de ler esse livro por conta dos livros eróticos assim como eu, pode investir sim nessa história, a Megan mostrou que sabe sim escrever uma história emocionante sem erotismo. Amei recomendo muito!



12 comentários:

  1. Amor livro de desse tipo, que ver o final dessa história

    ResponderExcluir
  2. Acho que esse livro vai mexe comigo, como sempre a resenha me pegou e desejo ler o livro.

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Eu não conseguia ler nada desta autora por causa da serie Peça me o que quiser que li e nao gostei muito, mas depois que li Vai sonhando e adorei quero ler todos dela que sejam diferentes da serie Peça me o que quiser .
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Que capaaaaaaaaaaaaaaa incrivel *--*
    Adorei.
    Beijos.

    www.jayhanadenardi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adoro esse tom de roxo que usaram na capa <3

    ResponderExcluir
  6. Vou confessar que nunca tinha ouvido falar desse livro kkkk Mas pela resenha já fiquei com vontade lê-lo *-*

    ResponderExcluir
  7. A Megan é ótima, e descobrir que a mesma autora que escreveu livros eróticos, faz obras assim é emocionante. Já sou fã dela, agora mais ainda..

    ResponderExcluir
  8. Queria ler algum livro da autora e tentei começar por esse, mas não curti..

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha,quero muito ler esse livro,adoro histórias assim,já está na minha lista.

    ResponderExcluir
  10. Já tinha visto os livros eróticos dela.
    Tinha visto esse livro na Saraiva, só que fiquei receosa de comprar kk
    Agora que sei que a história é bom, e vou chorar litros, fica melhor pra comprar kk

    ResponderExcluir
  11. o livro me chamou atenção apesar de eu não gostar muito da escrita da Megan Maxwell , vou anotar para dar um chance :) obrigada pela resenha ....beijos

    ResponderExcluir
  12. Todo mundo manda eu ler algo da Megan, qual o melhor pra começar?

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design