Resenha Paixão Libertadora


Livro 2 Paixão Libertadora
Autora Sophie Jackson 
Editora Arqueiro
Livro cedido pela editora 
352 páginas
Avaliação 5/5

Em Desejo Proibido, vimos um Max devastado pelas drogas e pela perda. Confesso que não gostava dele enquanto lia Desejo proibido. Mas confesso que admirava muito a grande amizade entre Carter e Max. Para quem não leu desejo proibido ele conta a história de Carter o melhor amigo de Max que foi preso em seu lugar. Leia mais.

 
Max chegou a um ponto em sua vida no qual se viu tentado a acabar com a própria vida, ele se viu no fundo do poço apontado uma arma para o seu melhor amigo, Carter.


Ele foi dominando por um vício que que foi sendo desenvolvido quando perdeu seu primogênito e a solidão por ser deixado pela sua própria noiva no momento mais frágil da sua vida. Perder o seu filho foi muito difícil para Max, mas perder o amor da sua vida foi devastador. 

Agora com a ajuda de Carter, Max está passando um tempo na reabilitação, pois ele perigoso até para si mesmo. E a sua vida já estava por um fio, nem ele mesmo aguentava mais ficar naquele estado. 

Durante três meses fora uma luta diária, vencer a abstinência não era tão apavorante quanto falar sobre seu passado. 

“-Nem fodendo. Nunca mais vou me entregar a outra pessoa daquele jeito. Nunca. ”

Com ajuda de pessoas que queriam o melhor para ele conseguia luta contra o vício e a vontade constante, porém seu passado ainda o deixava inconstante. 
Ele saiu da clínica de reabilitação e recebeu toda a ajuda toda que Carter lhe dava, no entanto, ver a felicidade de casal, que era algo que ele deveria estar vivendo naquele momento o sufocava, e ele queria superar isso, ele queria fazer algo mais. 

É aí que ele vai para uma cidade no interior na tentativa de tentar se reerguer ao lado da família que lhe restava, o seu tio, irmão do seu pai. 
É nessa cidade que ele conhece Grace uma mulher com segredo que devastou sua vida. 

Grace está tentando se refazer após algo trágico mudar sua vida e lhe deixar com um medo constante, agora ela quer viver em uma cidade nova, e por isso que ela compra uma cada e decide reformar a casa. 
Enquanto isso ela ficava na pensão que é do tio de Max, no mesmo lugar aonde Grace está e foi assim que Max e Grace se conheceram. Ela logo sente um grande interesse em conhecer aquele homem.

“Ah, claro que o novato tinha um passado duvidoso. Por que ela sempre se sentia atraída por aqueles que tinham ido em cana pelo menos uma vez na vida ou se envolvendo com substâncias ilícitas?

Uma amizade rapidamente foi crescendo, no entanto, o passado ainda estava ali atormentando cada um à sua maneira.

E eis que surge um acordo Max ajudará Grace a superar seus medos, e isso o ajudará o acalmar o turbilhão de pensamentos que há dentro dele.

“-Nada de promessas, nada de expectativas (...)”

O que era apenas uma amizade colorida e um acordo, se tornou algo maior e nenhum dos dois sabia como lidar com os sentimentos, Max acha que nada tem a oferecer, ele ainda se sente fragilizado, e acha que nunca mais poderá amar novamente, Grace também está confusa e não sabe lidar com os sentimentos conflitantes dentro dela. No entanto aquele homem desperta nela algo que ela jamais imaginou sentir novamente.

“Mas o músculo calejado, maltratado e sofrido que batia em seu peito simplesmente não estava aberto para amar ninguém outra vez na vida. ”

Será que duas almas perdidas conseguiram acabar a luz em meio a tanta escuridão? 

Eu achei que nenhum livro dessa série fosse conseguir superar Desejo Proibido, mas me enganei, a carga emocional empregada nesse livro mexeu tanto comigo que não foi possível não amar esse livro, Max conseguiu ganhar meu coração! Eu me vi completamente envolvida com o casal.

Um romance de tirar o fôlego que sem dúvidas arrancaram lágrimas dos leitores. Sophie tem uma escrita em terceira pessoa que sem dúvidas se tornou uma das melhores, você consegue sentir na pele cada emoção e sentimento dos personagens. 
Foi maravilhoso ver o crescimento e a superação em cada personagem, uma vez me disseram que escrever sobre duas pessoas quebradas era arriscado, mas Sophie mostrou nesse livro que escreve sobre duas pessoas quebradas pode emocionar o leitor. E pode nos dar uma grande lição de vida, mas para saber qual é você precisa ler o livro J


Paixão Libertadora é muito mais do que apenas um romance, é uma história de amizade, superação e perdão, esse livro veio para arrebatar o coração dos leitores!!


13 comentários:

  1. Olá!
    Li o livro Desejo Proibido e adorei,mas a história deste segundo livro parece ser ainda mais bonita e intensa.
    Quero muito le-lo em breve.
    Parabéns pela resenha.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. eitcha!!! continuação de Desejo Proibido!! não tem como não gostar ! estou ansiosa pra comprar e já prevejo q lerei em 24h no máximo kkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha,confesso que ainda não li o primeiro nem esse, mais tenho vontade de ler.

    ResponderExcluir
  5. Thays,realmente Max sofreu muito e passou por acontecimentos devastadores em sua vida,perdeu seu filho,mergulhou nas drogas e perdeu o grande amor da sua vida.Gostei muito de saber que apesar de tudo,Carter continua seu amigo e o ajuda a se reerguer o apoiando em seu tratamento e mudança de vida.Gosto muito de segundas chances e quero muito torcer para que tudo de certo para Max e Grace e ambos consigam superar todo o sofrimento do passado.Amo histórias de amor,amizade,superação e perdão.Amei os quotes .Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  6. Tenho o livro Desejo Proibido já faz algum tempo na minha estante no entanto ainda não tive oportunidade de lê-lo, mas após ler sua resenha acho que vou passar o primeiro livro na frente de outras leituras só para ler essa continuação. Esse segundo livro me pareceu ainda mais carregado de drama e de sexualidade, e apesar de não gostar muito de livros em que os personagens acabam se relacionando apenas em busca de sexo casual, foi a forma como a autora aborda todo esse passado conturbado e que me fez ter ainda mais interesse por essa leitura.

    ResponderExcluir
  7. Estuo querendo ler, mas como tenho uma pilha na frente ainda não li.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Adoreiiiiii *-*
    Mal posso esperar para ler esse livro :)
    eu amei o primeiro , tô doidinha de curiosidade aqui!
    Quero ler o mais rápido possível essa continuação! *-*

    ResponderExcluir
  9. Oi.
    Eu quero muito essa série, desde desejo proibido que estou namorando ela, eu já havia algumas resenhas do primeiro livro e nem preciso dizer o quanto ela me conquistou, gostei muito da premissa do segundo livro, se livrar de drogas não é nada fácil, imagino que não tenha sido para o nosso querido mocinho, é triste perder as pessoas que amamos pena que ele pegou o caminho mais rápido para o esquecimento.
    Super ansiosa.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  10. Já tenho o primeiro livro (Desejo Proibido) não li ainda esperando ser lançado o segundo (Paixão Libertadora), agora que o mesmo saiu posso começar minha leitura.Espero amar essa série.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Estou com o primeiro livro dessa serie para ler mas ainda não tive tempo, lendo a resenha gostei muito da historia desse livro, ele parece ser mais denso que o primeiro livro pois a historia do Carter é bem difícil, mas gostei do sentido de recomeço que é a autora da para o livro e se tiver oportunidade quero muito ler essa historia !!

    ResponderExcluir
  12. Essa mulher acaba com as estruturas de qualquer leitor, tenho o primeiro e não imaginei que me apaixonaria mais por um personagem, como eu me apaixonei por Carter, e lendo essa resenha, vi que corro um serio risco de amar ainda por Max, já esperava que a história dele fosse de acabar com qualquer leitor, já vou preparando os lencinhos.

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design