Resenha O Calor do Vaqueiro

Livro O calor do vaqueiro
Série Hell Yeah! #1
Autor(a) Sable Hunter
Páginas 162
Editora Qualis
Classificação 3/5
Adicione no skoob!
Adquira já o seu: Editora Qualis

  Oi, gente! Hoje trago a resenha de um livro bem quente, destinado aquelas que gostam de um peão sarado, com pinta de durão, mas que no fundo é um amorzinho.

  Após passar oito anos praticamente vivendo dentro de um hospital devido a uma leucemia, Libby Fontaine se vê em remissão, livre da doença por um indeterminado período de tempo. Leitora voraz de romances picantes, ela nunca teve a oportunidade de experimentar nenhuma das cenas das quais gosta de ler e agora, está disposta a fazer tudo o que tiver direito enquanto puder.

“Eu quero que você saia desta cama e viva a vida tão profundamente quanto você puder. Eu quero que você viaje, namore e seja tão hedonista e atrevida quanto seu coração desejar.”

  A pedido de uma amiga, Libby vai trabalhar no Rancho Tebow. Só que lá moram os irmãos McCoy. Eles são solteiros, lindos e irresistíveis. E, não bastasse isso, o mais velho deles, Aron, foi a paixão secreta de Libby na época da escola.  
 
  Aron McCoy teve que assumir a responsabilidade da fazenda inteira e de sua família, após um acidente que matou seus pais. E, agora está com o coração machucado. Depois de um momento constrangedor, Aron largou sua mulher e não está nem um pouco interessado em se amarrar a outra mulher novamente.   

“Agora, ele estava determinado a não ir para cama com outra mulher a menos que fosse em seus próprios termos – sem anéis, sem amarras e sem promessas.”

  Mas, algo muda no interior de Aron assim que ele coloca os olhos em Libby. A atração entre eles é imediata e todos os sentimentos que Libby um dia sentiu por Aron, voltam com força total. Intrigado com essa jovem doce e delicada, Aron não perde tempo e a declara como dele para os irmãos (coisa dos McCoy). 

  Porém, Aron não imaginava que Libby fosse virgem e na hora H, ele recua. Ele não se acha no direito de tirar sua virgindade sem ter nada a oferecer em troca, já que ela é uma mulher que merece muito mais que apenas sexo. Só que a atração é uma coisa que não se pode controlar, ainda mais quando Aron encontra Libby nua no tanque de armazenamento de água da fazenda. E, se não bastasse isso, ele a escuta gritar seu nome enquanto se desfaz em êxtase.  

“ – Eu quero dizer que eu não estou fazendo a você nenhuma promessa. Eu não quero nada permanente. Eu não pretendo me casar de novo, então o que teremos será apenas... – Ele procurou a palavra certa. Ele odiava soar grosseiro, afinal ela era inocente.
– Sexo. – Ela forneceu a palavra para ele.”

  Para a surpresa dele, Libby também não tem planos de se amarrar a ninguém. O único que sabe sobre a sua doença, é Jacob, um dos irmãos de Aron. Ela quer manter isso em segredo e então começa a se aventurar com Aron como se não houvesse amanhã. Mas, as coisas podem sair um pouco do controle e o que antes era apenas sexo, pode se tornar algo mais.

   Esse é um livro que você lê rapidinho, tem poucas páginas e possui letras grandes. Você lê como se fosse um conto. O que foi a minha única ressalva. Eu queria que o livro não tivesse sido tão corrido. A história poderia ter sido desenvolvida mais devagar. Mas, não é nada que me faça não ter curtido a leitura. Para quem, assim como eu, adora livros com um protagonista que é um peão quente, vai adorar essa história.

“– Eu não tenho nada para lhe oferecer – ela chorou em seu ombro.
– O que você quer dizer? Você tem a única coisa no mundo que eu quero.
– O que é? – Mais soluços. Mais lágrimas.
– Você.”


16 comentários:

  1. Parece ser uma história maravilhosa, só de ler essa resenha já gostei do livro, quero muito, adorei a capa.

    ResponderExcluir
  2. Bruna,amei a premissa Libby,após leucemia encontrará com sua paixão secreta na época da escola,Aron que por sua vez não quer mais saber de compromissos sérios novamente.Pena o livro ter sido tão corrido.Amei o quarto quote.Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Ola!
    Bom está e uma série que eu ja conheço a algum tempo e adorooo a história destes irmaos, ja li todos os lançados em inglês e eapero que a editora lance todos os outtos no Brasil porque realmente vale a pena.
    Parabéns pela resenha.
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna!
    Nunca tinha ouvido falar do livro ou de sua autora, gostei da premissa do livro, o fato de ser meio corrido é um ponto a favor e contra ao mesmo tempo, gosto de livro rápidos, mais tbm de coisa explicadas de modo a que me chance de desfrutar do livro, então fiquei bem na dúvida se leria ele.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Opa Cowboy *--* Amoooo livros assim. Mais um para comprar , socorro !!!

    ResponderExcluir
  6. Esse não é o tipo de livro que costuma me desperta interesse, pelo fato de não gostar muito do gênero, além da estória clichê das personagens virgens, mas para quem gosta e uma boa indicação de leitura, ainda mais para quem gosta de livros pequenos, com uma leitura rápida.

    ResponderExcluir
  7. Ultimamente esse gênero não tem me despertado a curiosidade necessária e como tenho uma pilha imensa de desejados, acabam não tendo uma chance.

    ResponderExcluir
  8. eitcha!!! livro hot hot hot!! faz um tempinho q nao leio um hot legal , com certeza vou dar uma chance a leitura deste q tá prometendo hein? cawboy e tal uuhhhu :p

    ResponderExcluir
  9. Bem, eu não gosto muito de ler livros em 3 pessoa. Mas o livro parece realmente ser muito bom e essa capa é muito atraente rsrs. Você sabe se ja saiu o resto da serie?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O segundo livro saiu no mês passado pela Qualis Editora, o nome é Quente em seu rastro! 😊

      Excluir
  10. Eba! amo livros de cowboy! e adoro os livros da editora Qualis! *-* Quando eu vi esse livro pela primeira vez fiquei louca de curiosidade para ler! Agora depois de ver essa resenha eu pirei de vez! *-*

    ResponderExcluir
  11. Eu to lendo um livro de cowboy kk mas quando li essa resenha, me deu uma vontade de largar o que eu to lendo e correr pra esse, parece ser muito top, e apesar de não curtir livros muito pequenos, esse parece ser bom!

    ResponderExcluir
  12. Eu to lendo um livro de cowboy kk mas quando li essa resenha, me deu uma vontade de largar o que eu to lendo e correr pra esse, parece ser muito top, e apesar de não curtir livros muito pequenos, esse parece ser bom!

    ResponderExcluir
  13. Oi.
    Eu amo livros que falam sobre vaqueiros, meu sonho de consumo.
    Achei bem interessante a premissa, a leitura me parece ser muito boa, o amor sempre fala mais alto nessas horas, Libby me parece ser uma personagem muito forte e determinada.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  14. Adoro livro de peão forte e determinado...preciso desse livro pra ontem.

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Faz um tempo que vi esse livro e assim que li a sinopse fiquei interessada nesse livro, li esse livro e a historia me conquistou, concordo que ele foi corrido e que dava para a autora ter trabalhado melhor, mas gostei muito dos personagens principalmente do Aron e como ele cuida dos irmãos e da Libby e da Libby que está sempre se preocupando com eles, gostei muito desse livro !!

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design