Resenha Num piscar de olhos

Editora Charme
Resenha
Stella sofreu grandes perdas, parte de sua família foi precocemente tirada dela quando ela tinha apenas 14 anos. Ela era muito apegada ao seu pai e seu irmão principalmente. Tudo que restou foi a sua mãe. Nesse mesmo acidente Stella perdeu seu tio.

Sua Tia com sua filha e melhor amiga de Stella foram embora, pois não suportaram a perda e as lembranças.

Como se já não bastasse sofrimento o suficiente, quatro anos depois Stella foi diagnosticada com câncer no fígado. Ela passou por uma série de cirurgias, e agora com 19 anos ela teve uma cirurgia que aparamente poderia ter livrado todo seu câncer. Após dois meses ela voltaria e realizaria uma consulta para saber se ela estava livre ou não.

Nesse meio tempo Stella decide ir até a Itália visitar sua prima e melhor amiga Lisa, ela pretende ficar dois meses. O que Stella não esperava é que encontraria vontade de viver com um gato salva-vidas.


Por acaso o tal salva vidas é o melhor amigo de sua prima Lisa, quando Stella toma noção disso, decide se afastar para não atrapalhar a amizade de sua prima com o Max, quando ela for embora.
Mas ela não esperava que Max fosse tão persistente. Mesmo assim Stella não quer se relacionar para não trazer sofrimento a ninguém até por que a uma remota chance de seu câncer ter voltado. Max tenta de todas as formas conquistar Stella, o que não será nada fácil, e bem digamos que Stella não facilite muito.

“-Então, não evite. Eu quero que você seja tão obcecada por mim como eu sou por você...”

Porém ela tem uma grande ideia de ficar com ele apenas nesse meio tempo e ele aceita, “um caso de verão”, porém Max sente que é mais do que isso, e isso não facilitará em nada a volta de Stella para o seu país e o pior ele nem faz ideia de que ela tem câncer, e ela nem quer contar para que ele não se sinta preso a ela por conta disso.
Stella passou momentos maravilhosos ao lado de Max, como ela iria embora e deixaria para trás alguém com quem ela se sente tão ligada?

“Eu não queria me apaixonar por você – ela deixou escapar.”

“Um pouco mais de duas semanas; isso era tudo que lhe restava com Max. Como ela conseguiria continuar vivendo como se nada disso tivesse acontecido? Como se ela não o tivesse conhecido? Como se não o amasse com todas as suas forças?”

Max também sofreu grandes perdas e perdeu o seu pai quando tinha apenas 15 anos, e em um determinado momento sabemos o por que ele morreu, e todo o mundo parece desabar aos pés de Stella.

Eu não tenho palavras para descrever todos meus sentimentos. Nessa história temos personagens secundários que complementam a estória, temos o Beppe, amigo de infância do Max, mulherengo e festeiro, mas isso é apenas fachada pois ele é um homem incrível.
Gia é a irmã de Max, uma cozinheira, que não tem tanto carisma, mas eu gostei bastante do “relacionamento” dela com o Beppe.
E a Lisa, que é a prima da Stella, que também tem grande participação na estória, dela eu não posso falar muito para não dar spoiler.
Eu fiquei encantada e maravilhada com todos os personagens, e eu quero um livro com a estórias deles, pra ontem!

Vamos falar do enredo do livro e a trama que é magnifica, você pode achar batido essa estória da mocinha com câncer. Bem eu fiquei encantada como tudo foi se desenrolando e achei a trama magnifica.
O mocinho, gente é um mocinho mesmo, pois Max é apaixonante, ele é um dos meus mocinhos preferido (vocês sabem que eu não curto o mocinho mas Max merece meu amor).
A Stella (Deus como eu quis matá-la), ela não é depressiva, mas o não querer fazer ele sofrer me irritou um pouco, mas a persistência do Max foi tão linda que foi impossível não gostar deles dois. Eu entendi em um determinado momento toda situação, e acho que eu não agiria diferente da Stella. Então passei a entender.
A escrita é leve e flui facilmente comece a ler ás 23 horas e quando fui ver já tinha lido mais da metade, em poucas horas, o livro é contado em terceira pessoa (graças a Deus, acho que se fosse e primeira eu não teria gostado tanto), a narrativa é maravilhosa eu me senti muito próxima e conectada aos personagens, coisa que geralmente acontece quando a estória é contada em primeira pessoa.
É uma estória cheia de dramas, o que me tocou foi a superação e o perdão de cada um nesse livro, eu me emocionei demais, e gente o final é I LOVE, sem mais, eu amei e recomendo muito essa leitura.

 Temos mais estórias sim <3



15 comentários:

  1. Minha lista só aumenta e o dinheiro nada.

    ResponderExcluir
  2. E lá se vai mais um pra lista kkk. Thays tu é teu grupo vão me levar a falência desse jeito :/

    ResponderExcluir
  3. Já compreiiiiiiiiii uhuuuuuuuuuuuu

    ResponderExcluir
  4. Minha lista de livro só aumenta , mas cadê dinheiro para comprar esse monte de livro que eu quero ?!! . A resenha ficou ótima , Parabéns :) <3

    ResponderExcluir
  5. Adoro história que relata problemas familiares, perdas e etc. Gostei bastante do livro, já entrou pra minha lista. Resenha muito boa.

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser muito bom mesmo, Thays, cheio de amor e dramas pessoais, do jeito que gosto. Mas diferente de você, gosto mais quando os livros são narrados em primeira pessoa, pois acho que fica melhor de entender os sentimentos dos personagens.

    ResponderExcluir
  7. Puxa thays desse jeito vou a falência haha, a cada resenha que eu leio já quero o livro.
    o livro parece ser muito bom, já vai pra minha lista!

    ResponderExcluir
  8. Louca pra ler esse livro. Ouvi muita gente falando sobre ele e adoro livros com um drama um pouco mais sério e tô numa vibe de livros pra emocionar kkkkkkk então acho que esse vai cair bem! :)

    ResponderExcluir
  9. Estou louca pra ler este livro , ja tinha visto algumas resenhas falando bem deste livro , porem minha lista de leitura esta enorme , mas pretendo em breve encachar este livro a minha lista. Parabéns pela resenha!!
    bjos

    ResponderExcluir
  10. Legal gostei da resenha!!!
    já notei aqui para ler esse livro também :)

    ResponderExcluir
  11. Sabe o que não gosto. É de gente que deixa de ler um livro por ele ser considerado clichê. Tantos livros bons que nós temos por ai e são super clichês. Esse mesmo, apesar de ser até um pouco eu fiquei bem curiosa. Ele tem uma capa linda e o Max me parece ser um protagonista super bom. Gostei. :)

    bju

    ResponderExcluir
  12. O livro parece ter uma história encantadora e linda, mais um para lista !!!

    ResponderExcluir
  13. já tinha lido algo sobre esse livro mas nao sabia que tinha sequencia, pela resenhas o livro é bem emocionante e por isso vou ler, espero gostar.

    ResponderExcluir
  14. A Editora Charme nunca decepciona os leitores. Mas devo confessar que muitas vezes eu preferia os personagens secundários do livro. Estou ansiosa pelos próximos livros da autora.

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design