Resenha Sr Daniels

Sr. Daniels
"Brittainy C. Cherry"
Editora Record
Resenha
Ashlyn, acabou de perder sua irmã gêmea, sua outra metade, Gabby teve leucemia, e faleceu. E para piorar as pessoas olhavam para ela e via Gabby, isso causou mais dor as pessoas ao seu redor, pior ainda para Ashlyn que se olhava no espelho e via o reflexo de sua irmã.
Sua irmã deixou uma caixa com seu namorado para ele entregar a Ashlyn, tinha uma lista de coisas que ela teria que fazer e a cada item ela teria uma carta da irmã. Isso faria com que ela se sentisse mais perto dela.
Como se já não bastasse a dor de perder sua irmã sua mãe começa a ficar muito bêbada para aliviar a dor, e a manda embora para a casa do seu pai, o qual ela não teve contato, a não ser em aniversários, por cartas, quando ele lembrava.
Seu pai tenta uma reaproximação mais ela não dá espaço, ela só quer culpar alguém por tudo isso.
Daniel, perdeu sua mãe, em seus braços, seu irmão é um viciado em drogas, e seu pai acabou de morrer, ele tenta seguir em frente mais é difícil. Ele é professor e vocalista da banda Romeo’s Quest. Os dois tem muito em comum, só não descobriram, até agora.
Em um trem de encontro com seu pai ela avista um homem-menino lindo, com seus cabelos desgrenhados e seus olhos verdes, quando ele a viu é como se ele entendesse toda dor que ela sentisse apesar de não saber o que é. O olhar dos dois se encontraram, e em meio a toda dor e toda tristeza, puderam sorrir, seguir em frente, um dia após o outro.



 “Meus olhos se fecharam, e a vi: a garota da estação de trem. Meus músculos se contraíram por causa da corrida, e eu respirei fundo, tentando me lembrar de tudo. Ela sabia como era estar como eu- perdido, sozinho. Tinha visto isso cada vez que ela piscava os olhos e seus cílios espessos e comprimidos baixaram. ”

Ele a convida para assistir um show da sua banda, e ela vai, e se rende aos encantos do seu homem-menino, que tanto a encantava.
Naquele momento tudo parecia ir bem, e ia mesmo, até ela ir para escola e descobrir que seu professor de inglês é Sr. Daniels, o seu homem-menino, e a compreensão entre eles, eles não poderiam ficar juntos, ela era filha do vice-diretor e ela sua aluna, e ele teve que se afastar dela.

“Ele não era o homem bonito que tinha despertado meu coração algumas noites atrás com seu canto romântico. Não era o homem que me fizera rir e que me permitia chorar diante dele. Não era o homem que me fizera lembrar que eu ainda estava viva quando seus lábios tocavam tocaram os meus.
Não, ele não era mais Daniel.
Ele era o Sr. Daniels.
Eu era a aluna ingênua que ele dispensara friamente. ”

Na escola ela sofre bullying, por ter seios muito grandes. Daniel fica furioso mais não a nada que possa fazer a não ser repreender o aluno que fez isso.
E em meio a todo esse romance proibido, eles não conseguem ficar longes um do outro, e começam a se encontrar escondidos, mais os dois queriam mais que isso, querem mostrar ao mundo como se amam, querem andar de mãos dadas e serem um dos outros. Eles se sentem vivos um perto do outro, a sensação de que tudo ia ficar bem.

“Agora minha mente estava considerando coisas loucas. Ashlyn me fazia pensar em desobedecer as regras, em encontrar brechas, em segurá-la nos braços em corredores ocultos, e em ler Shakespeare para ela nos cantos abandonados da biblioteca. ”

Tudo começa a mudar, ela começa a liberar perdão mesmo não se dando conta que faz, ela começa a ser ela mesmo, ela fez amigos, Hailey e Ryan irmãos, que são tudo para ela, que a ajudam a compreendem e não criticam, a ligação entre eles fica forte, até que algo terrível acontece...

Impressões
Essa história é incrível, eu li em 6 horas, eu chorei demais me emocionei, os personagens são cativantes, sabe toda a dor da Ashlyn? Eu senti tudo aquilo, por muito tempo fui expectadora na vida real, eu perdi minha tia gêmea, e via a outra e sabia de toda sua dor, e eu compreendi tudo que Ashlyn estava sentindo! Apesar da vida ter magoado muito ela, ela consegue se encontrar.
Eu li avidamente cada capítulo, a construção de cada capítulo foi impecável, a autora deu uma ênfase em personagens secundares, portanto o livro não trata só o romance proibido de Ashlyn e Daniel, você vai se apaixonar por eles e vai desejar um livro para cada um, eu confesso que eu chorei e me revoltei, quando “algo terrível” acontece, você irá entender quando ler, eu deixei o livro de lado e fui chorar. Como assim?! Não creditei, mais isso fez a autora passar uma lição muito importante, se você é pai ou mãe e está lendo essa resenha ame seus filhos acima de tudo, você não precisa aceitar tudo que ele faz, mais você pode respeitar e amar o seu filho acima de tudo.
Esse livro traz conflitos de uma vida adolescente, toda fase de transição, toda dúvida, ansiedade, fala sobre sexo, e amizade, não uma amizade qualquer é amizade em que a pessoa te defenderá de unhas e dentes.
 É uma história de redenção, rende-se ao sofrimento, uma história de perdão, o maior desejo de sua irmã era que ela perdoasse seu pai, uma história de um amor puro e simples.

Eles eram duas almas perdidas, até que se encontram e aceitaram o amor.

5 comentários:

  1. Nossa é muito livro pra ler pra uma pessoa só. Quando vi você falando sobre esse livro no seu canal (acho que foi você mesmo se não me engano) já fiquei completamente apaixonada, acho que assim que termina de ler o livro que estou lendo vou compra esse pra mim ler. Adoro amores proibidos. Esse livro me fez lembra de Métrica o meu livro preferido.

    ResponderExcluir
  2. Amei esse livro e só li porque vi você recomendando

    ResponderExcluir
  3. tô pensando em comprar pelo sebo estante virtual depois de ler sua resenha... me interessei :)

    ResponderExcluir
  4. Uma bela história de superação e perdas

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design