Resenha A Playlist de Hayden

A Playlist de Hayden
"Michelle Falkoff"
Editora Novo Conceito
Resenha
No livro conhecemos Hayden um garoto vindo de uma família rica, onde os seus pais sempre exigiram demais dele e o desprezavam e o insultavam a maior parte do tempo, um exemplo disso é o seu irmão Ryan, que o fazia passar vergonha na frente dos amigos dele. Sam vindo de uma família de classe média, onde a sua mãe dá duro para trabalhar e criar seus dois filhos, seu pai abandonou a família a um tempo.
Sam e Hayden se conheceram no teste para liga de beisebol infantil, mais eles eram diferentes das outras crianças, eles não ligavam para nada disso. Hayden passa muito tempo na casa de Sam, apesar de rico ele não se sentia bem em casa, por isso sempre que podia ficava na casa do Sam.
Foi exatamente por isso, essa dinâmica entre eles de irmão, que devastou Sam, quando Hayden cometeu o suicídio. Seu único amigo morreu e ele nem sabia o que o tinha levado a isso. Sam estava só, solitário e sem amigos.
Até que ele conhece a Artisd uma menina meia fora do comum do que são as outras garotas, que começa a conquistar aos poucos Sam, no começo ele sente como se estivesse traindo a amizade de Hayden, mais ele não existia mais, e Sam precisava de novos amigos.
Tudo fica mais perturbador e assustador ainda quando Sam começa a receber, mensagens pelo jogo, conectado na conta de Hayden, tudo parecer ser uma brincadeira de mal gosto, mais realmente se parece com Hayden o seu jeito de escrever.
Passaram alguns dias, todos os meninos que haviam atormentado a vida de Hayden e de Sam estavam pagando uma “penitência”, alguém estava se vingando.
É assustador tudo aconteceu de uma forma tão rápida, eles sofriam bullying, mais jamais passou pela cabeça de Sam que seu amigo se suicidaria por conta disso. Mais o que aconteceu de verdade? Qual foi o fogo que consumiu tudo que havia dentro dele?

Impressões
O tema é pesado, sim, existem sentimentos fortes mostrado no livro, mais teve um fator principal que me deixou contente é que no livro mostra exatamente toda a dor da perda de alguém se suicidou, é muito interessante, para nós jovens pelo menos algumas pessoas já pensaram em fazer isso, mais livro nos faz pensar, vale a pena isso? E as pessoas, seus familiares, seus amigos?


É livro sobre perdão de si mesmo, seguir em frente, recomeçar, uma história que te fará sentir toda dor do Sam. 

6 comentários:

  1. Já li inúmeras resenhas sobre esse livro. Mas você colocou pontos que ninguém mencionou.
    A coisa aqui me pareceu mais pesada. Nas outras resenhas, havia um toque de humor.
    http://filosofodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Bom amo ler livro escutando musica, e foi por isso que essa capa me chamou tanto a atenção, e muito difícil ver livros que se relacionam com a musica, e gosto bastante dessa mistura. A história em si parece ser bastante explicativa, por retrata um fato real que acontece muito na nossa sociedade, faz com que refletimos sobre esse tipo de acontecimento pouco retratado nos livros e isso me chama bastante a atenção, gostei bastante da resenha...

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu não sou muito de ler livros desse tema mas achei bem interesante

    ResponderExcluir
  5. deve ser muito bom ! amei a resenha ! parabéns!

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design