Resenha Neve na Primavera

Neve na Primavera
"Sarah Jio"
Editora Novo Conceito

Resenha
Em Neve na Primavera conhecemos as histórias de duas mulheres, que passaram por momentos terríveis de tragédias.
Em 2010 dia 2 de maio acontece o mesmo fenômeno que ocorreu em 1933 dia 2 de maio deixando uma série de acontecimentos terríveis.
Em 1933 este fenômeno fez Vera perder seu filho Daniel de 3 anos de idade. Daniel não tem um pai presente, é apenas ele e sua mãe, que trabalha duro para ter o que comer.
Vera trabalha em um hotel na parte da noite, todos os dias ela deixava Daniel com uma amiga e neste dia sua amiga iria trabalhar e não poderia ficar com ele, sendo assim ele ficaria dormindo sozinho. De manhã bem cedo Vera volta para casa e se depara com uma situação desesperadora, seu filho desapareceu.
Vera vai a delegacia dar ocorrência, mais com todas as dificuldades e o valor das classes inferiores ninguém a ajudou e afirmavam que o menino havia fugido, mais Vera sabia que ele não fugiria.
Vera passa por momentos horríveis tentando encontrar o seu filho, ela fez tudo que uma mulher desesperada faria.
Em 2010 Claire numa manhã de neve, na primavera no dia 2 de maio, em que ocorreu pela segunda vez esse fenômeno, recebe uma ligação do seu chefe, para que ela faça uma matéria com relação ao fenômeno, sem vontade nenhuma e sem saber o que escrever, cai um caso nas suas mãos, o caso de um menino desaparecido no mesmo dia 2 de maio em 1933.
Ela sente-se emocionada e sente afinidade com o caso, após o trágico acidente que ocorreu com Claire, ela não tinha mais gosto para viver e trabalhar, seu casamento está indo a ruína. Mas este caso ela ficou extremamente animada e decide desvendar todo o mistério para saber se o menino voltou para casa e o que aconteceu com aquela família.
Esse caso é mais complicado do que ela achava, e a busca pela verdade e difícil, até por que após 80 anos Vera provavelmente já teria falecido, mais isso não a faz desistir nem quando seu chefe pede para que ela largue a matéria, ela continua buscando.
Um filho perdido, uma mulher de coração partido, um casamento nas ruínas e uma pessoa mais do que nunca precisa dessa verdade, mais Claire não sabe, a verdade pode nos libertar e sermos mais felizes. Tudo que se é esperado é um desfecho de uma história com o começo triste?
Após 80 anos será que existi um final feliz?

Impressões


Não tenho palavras para expressar, a autora nos mostra a dor, o desespero de uma mãe ao perder o filho, uma história sobre perdão e redenção, duas mulheres com perdas inestimáveis, esse livro nos emociona nos faz sentir cada emoção, a narrativa é muito envolvente, a leitura flui fácil, apesar de ser bem dramática. Pra mim esse é o melhor livro deste ano da Novo Conceito, enfim não tenho palavras para descrever o quanto amei esse livro!

4 comentários:

  1. Adoro livros que contam histórias cheias de mistério fazendo com que continuemos a leitura até final pra saber o que acontece, adorei a resenha, e o livro parece ser realmente muito bom.

    ResponderExcluir
  2. adoro de paixão os livros da novo conceito!

    ResponderExcluir
  3. Parece ser uma história realmente tocante

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design