Resenha | The Kiss of Deception

Livro The Kiss of Deception
Crônicas de Amor e Ódio #1
Autor(a) Mary E. Pearson
Páginas 406
Editora Darkside
Classificação 5/5
Adicione no skoob!
Adquira já o seu: Submarino, Saraiva

   Olá, pessoal! Hoje trago para vocês a resenha de The Kiss of Deception, um livro que eu estava surtando com o lançamento e não via a hora de começar logo a lê-lo. E, assim que ele chegou aqui em casa, o devorei.

   The Kiss of deception conta a história da Princesa Arabella Celestine Idris Jezelia, Primeira Filha da Casa Real de Morrighan, ou apenas Lia, como gosta de ser chamada, que está prometida a um completo desconhecido.

  Visando formar um acordo e selar a paz com o reino vizinho, o rei de Morrighan, pai de Lia, oferece a mão de sua filha ao príncipe de Dalbreck. E estaria tudo certo, se não fosse por Lia, que não está nada satisfeita com isso. Ela sempre sonhou em se casar por amor e não ter o mesmo rumo que a mãe dela e se casar com um rei velho.

“Durante minha vida toda sonhei com alguém me amando pelo que eu era. Por quem eu era. Não por ser a filha de um rei. Não por ser uma Primeira Filha. Apenas por mim. E, com certeza, não porque um pedaço de papel ordenava isso.”

  E é então que no dia de seu casamento, Lia resolve simplesmente fugir. Juntamente com sua dama de companhia e amiga Pauline, Lia sai em disparada rumo ao desconhecido, só pensando em se livrar de uma vida na qual não quer para ela. Após muita cavalgada e muito cuidado para despistar qualquer um que venha atrás delas, elas finalmente chegam a Terravin, um lugar que para elas parece o paraíso.

“Aquele era o dia em que mil sonhos morreriam e um único sonho nasceria.”

  Com a ajuda de uma tia de Pauline elas conseguem se estabilizar e arrumam o emprego de garçonetes em uma estalagem. Longe de toda a responsabilidade de ser uma Princesa, a vida para Lia parece estar uma maravilha. Mas, só parece mesmo.

  O Príncipe de Dalbreck foi deixado sozinho no altar e agora está curioso em conhecer a mulher que teve a coragem de fazer o que fez com ele, por isso está decidido a encontrá-la.

  Por outro lado, temos também outra pessoa atrás dela. E, é ninguém mais, ninguém menos que um frio assassino mandado por Venda, outro reino vizinho, que está disposto a tudo pela cabeça da Princesa, acabando assim com qualquer possibilidade de aliança entre Morrighan e Dalbreck

  E, é então que a chegada de dois novos jovens à Estalagem abala todo o ser de Lia. Um é o completo oposto do outro. Um é loiro e o outro moreno. Um é fechado e misterioso enquanto o outro é mais falante e extrovertido. E o que eles têm em comum? Ambos são irresistíveis, cada um com o seu jeito. E, claro, ambos estão à procura de Lia. E agora, quem será o assassino e quem será o príncipe?

“Algumas coisas duram.”
Encarei-o. “É mesmo? E exatamente que coisas seriam essas?”
“As coisas que importam.”

  Um fator que me chamou bastante a atenção foi a fantasia do livro. Reza a lenda que Primeiras Filhas possuem um tipo de dom. E, como se não bastasse ser uma Primeira Filha Real, Lia também é filha de uma Primeira Filha. Então imaginem a pressão que há em cima dela, né.

  Outro fator foi a divisão de pontos de vistas do livro, temos a maior parte narrada por Lia, porém houveram vários capítulos em que ora era narrado pelo príncipe, ora pelo assassino. E, depois que sabemos seus nomes, os capítulos passaram a ser narrados com os nomes de Rafe ou Kaden. A autora conseguiu fazer com que nós nos embolássemos toda com quem é quem.

  Esse livro conseguiu me prender à história do início ao fim. E falando em fim, que final foi esse, meu Deus? A autora literalmente deu um tapa na minha cara. Quando eu menos esperava, ela jogou uma revelação bombástica no livro que eu fiquei completamente de boca aberta e ainda tive que voltar alguns capítulos porque não estava acreditando no que lia. Estou curiosíssima para ler o segundo livro. Esse primeiro acabou de uma forma que deixou um gancho imenso para a continuação, na qual ouvi falar que foca bem mais na política do que no triangulo amoroso. Já estou com altas expectativas com ele.

  Recomendo muito este livro aos amantes de fantasias, distopias e monarquia, mas principalmente aos amantes de romances. É impossível não se envolver com os personagens e com a protagonista. Ela é uma mulher muito forte e decidida, que luta por sua liberdade e também em nome do amor. Fora que essa edição lançada pela Darkside está impecável.

“Até que apareça aquela que é mais poderosa,
Aquela nascida do infortúnio,
Aquela que era fraca,
Aquela que era caçada,
Aquela marcada com a garra e a vinha,
Aquela nomeada em segredo
Aquela chamada Jezelia.”



14 comentários:

  1. Eu amei o livro é fiquei com amor e ódio.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Não conheço esta série, mas pela resenha parece ser um livro muito bom e estou louca pra ler um livro bom de fantasia.
    Parabéns pela resenha!
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Quase compreei esse livro O.o
    parece ser bom hein. ><
    amor e ódio <3
    Bjs

    www.jayhanadenardi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. vi esse livro na aposta da Pan e estou curiosa desde entao :) , ja vou para minha lista do skoob ...beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha,eu queroo muito esse livro,está nos meus desejados.

    ResponderExcluir
  6. olha eu quero ler esse livro, mas eu não gosto de triangulo amoroso tenho medo de acontecer isso no livro kkkkkk vou esperar para a editora lançar o resto da trilogia, talvez aí eu leia.

    bjusss

    ResponderExcluir
  7. Amo fantasia e romance, e confesso que gosto de ser enganada com os livros, e parece que muito leitores estão se confundindo para descobrir quem é quem, não vejo a hora de chegar meu exemplar, até porque a edição está incrível, DarkSide arrasando, e o fato da protagonista ser determinada me chama a atenção, bem diferente das que encontro em alguns romances

    ResponderExcluir
  8. Os livros da Darkside são impecáveis, lindos!
    Só li elogios a respeito desse livro que, claro, entrou para a minha gigantesca lista de desejados. Mas acho que vou esperar lançar o segundo livro para ler os dois na sequência, pq não vou aguentar de ansiedade esperando o lançamento.

    ResponderExcluir
  9. Esse e com certeza o queridinho de todos os leitores, esta todo mundo querendo ler esse livro, e é claro eu também (risos). A história e totalmente diferente do que estou acostumada a ler, no entanto a trama parece ser muito bem construída, com personagens cativantes, e isso faz com queria logo adquirir esse livro, espero ter a oportunidade de lê-lo logo.

    ResponderExcluir
  10. Estou surtando de tanta ansiedade esperando pela continuação desse livro.

    ResponderExcluir
  11. Não sou muito interessada em livros de fantasia, mas parece ser legaL.. Um dia ainda pego um para ler e ver se vou gostar.

    ResponderExcluir
  12. QueRO para ontem,gosto de romances que me prendam e que façam eu querer ficar lendo o livro em qualquer intervalo.
    Muita fantasia não faz o meu tipo,mas talvez o romance dele me prenda.

    ResponderExcluir
  13. Eu não sou muito fã de romance, mas amoooo uma fantasia, então esse livro já está nos meus desejados. Acho que a história tem tudo pra ser boa, mas eu também farejo um romance ou um caso com esse assassino aí. To errada? hahahaha

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design