Resenha Eva

Livro Eva
Trilogia Eva #1
Autor(a) Anna Carey
Páginas 288
Editora Record
Classificação 5/5
Adicione no skoob!
Adquira já o seu: AmazonSubmarino

  Olá, pessoal! Hoje trago a resenha de um livro que se passa em um futuro distópico, onde os gêneros vivem completamente isolados um do outro.

  Há alguns anos atrás, uma praga dizimou quase toda a população da América. E, as crianças sobreviventes foram levadas para diferentes lugares. As meninas iam para as Escolas e os meninos, para campos de trabalho forçados. Eles cresceram sem ter contato com o outro gênero.

  Eva, desde seus cinco anos, após sua mãe ter sido atingida pela praga, mora em uma das Escolas. Lá, ela vive isolada do mundo de fora por muros altíssimos e nunca teve contato com o gênero masculino, o único homem no qual ela tem “acesso” são as fotos do rei.

“Nós implorávamos às professoras para nos contarem sobre a época anterior à praga, quando meninas e meninos frequentavam as Escolas juntos, mas elas só diziam que o novo sistema era para a nossa própria proteção. Os homens podiam ser manipuladores, traiçoeiros e perigosos. A única exceção era o Rei.”

  Nas escolas, elas recebem educação, comida e assistência médica e todos os funcionários são compostos por mulheres. Elas são monitoradas 24 horas por dia, comem nos horários certos, ingerem vitaminas diariamente e regularmente recebem visitas médicas.

  Eva está em seu último ano na Escola. E, após a formatura elas serão levadas para um enorme prédio onde aprenderão ofícios e assim conseguirão um emprego na Cidade de Areia, onde os adultos moram, e poderão viver suas vidas como quiserem.

  Ela é considerada uma das melhores e mais brilhantes alunas da Escola.  É muito disciplinada e nunca questionou nenhum dos ensinamentos feitos pela Escola. Porém, após tentar interceder a fuga de uma das garotas, ela descobre que talvez esse futuro brilhante não seja real. Arden chegou a Escola um pouco mais velha que as outras e desde então age como uma rebelde. Ela dá a entender a Eva que o destino de todas as garotas que estudam ali é, na verdade, bastante obscuro.

“– Noventa e oito por cento da população está morta, Eva. Morta. Como você acha que o mundo vai continuar? Eles não precisam de artistas – sussurrou. – Precisam de crianças.”

  Incerta sobre o que fazer, na noite anterior a sua cerimônia de formatura, Eva decide arriscar e ir até o tal prédio verificar ela mesma o que há lá. Após passar, com muita dificuldade, pelo lago que separa os dois lugares, ela leva um susto ao saber que Arden estava certa. Dentro do prédio, ela vê uma cena que a deixa totalmente aterrorizada.

  Determinada a também sair desse lugar, ela volta correndo para a Escola e com a ajuda de uma professora consegue fugir dali, com o rumo de encontrar Califia, um acampamento no qual conseguirá ajuda. Mas, para uma menina sozinha que não sabe quase nada sobre o mundo fora dos muros conseguir sobreviver na floresta não é nada fácil. Há muitos perigos soltos por ali, entre eles animais selvagens e... homens.

  Na Nova América, elas são ensinadas que nenhum homem presta, a não ser o Rei. Ela fica aliviada quando encontra Arden no meio do caminho, mas, nem isso ajuda quando elas esbarram em um rapaz. O nome dele é Caleb e ele também é um fugitivo.

  Indo contra a tudo que ela aprendeu sobre os homens, Caleb se mostra uma pessoa totalmente diferente do que ela esperava e rapidamente conquista a sua confiança, jurando protegê-la de todo o mal, principalmente das tropas do governo que agora estão atrás dela. Caleb não só conquistou a protagonista, como também me conquistou <3

“Apesar da minha vontade, apesar de todas aquelas horas sendo testada sobre os Perigos de Meninos e Homens, eu gostava dele. Só dele.”

  Quem gosta de distopias precisa ler esse livro. Ele faz parte de uma trilogia, e o segundo já foi lançado pela editora aqui no Brasil com o título de Uma vez. A minha vontade é de sair falando tudo que acontece no livro, principalmente sobre o que há dentro do prédio. Mas, preciso que vocês leiam esse livro sabendo o mínimo possível e aí sim a leitura será perfeita. Tem ação, tem romance, esse livro tem de tudo. O final foi totalmente desesperador e eu já necessito da continuação. Como diz o subtítulo “A guerra dos sexos está apenas começando...”

“– Benny me disse que amar alguém significa saber que sua vida seria pior sem aquela pessoa – ele sorriu.
(...)
– É por isso que eu tinha de encontrá-la.”

18 comentários:

  1. Já tem algum tempo que estou afim de ler esse livro, mas com tanto lançamento bacanas acabo passando outras leituras na frente. Distopia e meu segundo gênero preferido, principalmente quando a trama me parece ser surpreendente, como nesse livro, todo mistério que ronda a estória parece ser bastante envolvente, super curiosa para saber qual vai ser o desenrolar dessa trama, pretendo ler esse livro com certeza.

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Gostei bastante do enredo da historia apresentada na resenha, mas não estou em um momento que estou querendo ler distopia e eu sempre tenho um pe atrás com distopias rsrsrsrs.
    Parabéns pela resenha.
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem um livro de distopia q eu gostei bastante e sempre recomendo Paula é esse: Fragmentados do Neal Shusterman !!! causou um Brain Explosion no meu cérebro ! eu adorei e creio q tem ate a resenha dele aqui viu? da uma olhada nas do ano passado, é diferente de tudo q já tinha lido ate o momento e sempre fui meio pessimista com relação a distopias sabe? nunca foi meu gênero favorito ,mas apartir desse fragmentados meu gosto literário se expandiu bastante ! bjs

      Excluir
  3. caraca! tenho esse livro! acreditam? ele é um dos 21 q eu vergonhosamente mantenho na minha fila de espera na minha estante ... gente ... estou perdendo tudo isso! vou começar a ler é pra já ! obrigada pela dica Bruninha ! amei a resenha! me instigou a ler o livro!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que agora deve ta dando pra ver os meus olhos brilhando de curiosidade de ler esse livro!:)
    Amo distopias! *-*
    Nunca um livro da editora record me decepcionou, então eu acredito que depois que eu ler esse livro ele vai ser o meu novo xodó! *-*
    Amei D+ essa resenha!!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. Eu acho que agora deve ta dando pra ver os meus olhos brilhando de curiosidade de ler esse livro!:)
    Amo distopias! *-*
    Nunca um livro da editora record me decepcionou, então eu acredito que depois que eu ler esse livro ele vai ser o meu novo xodó! *-*
    Amei D+ essa resenha!!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. te empresto p cê ler depois hehehehhe :p

      Excluir
  6. Uau,que resenha maravilhosa,adorei a capa do livro e o enredo da história,já quero muito.

    ResponderExcluir
  7. Várias pessoas falam muito bem dessa trilogia, mas nunca li. Agora fiquei super curiosa para saber o que tem dentro do prédio. kkkkk

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Me conta, o que tem dentro do prédio?
    Eu amei a premissa do livro, me pareceu ser muito interessante, gosto bastante de distopia e essa me parece ser muito boa, a personagem quando acorda para a vida é bem forte e determinada.
    Irei ler com certeza.
    Bom Dia.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Gosto muito de distopia, mas ainda não conhecia esse livro, achei a historia bem interessante e fiquei curiosa para saber mais principalmente o que ela encontra, o Caleb parece o tipo de personagem que nos conquista e se tiver oportunidade quero ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  10. Eu quero saber o que tem dentro desse bendito prédio Kkkkkk amei a resenha, e amo distopias, essa então, parece ser maravilhosa

    ResponderExcluir
  11. Eu quero saber o que tem dentro desse bendito prédio Kkkkkk amei a resenha, e amo distopias, essa então, parece ser maravilhosa

    ResponderExcluir
  12. Eu quero saber o que tem dentro desse bendito prédio Kkkkkk amei a resenha, e amo distopias, essa então, parece ser maravilhosa

    ResponderExcluir
  13. Nunca li nada do tipo, não sei se iria me interessar muito. Talvez até iria ler ele,mas iria ficar adiando e lendo outros antes kkk

    ResponderExcluir
  14. Bruna,já faz tempo que quero ler essa trilogia amo distopias, fiquei imaginando um mundo sem homens como seria.Que bom que era tudo uma grande mentira e Caleb apareceu em seu caminho no momento em que ela descobre a verdade e decide fugir.Fiquei muito curiosa para descobrir o que acontece dentro do prédio.Amei saber que tem ação,romance ou seja um pouco de tudo.Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  15. Sempre tive vontade e ler esse livro, mas é muito livro pra pouco tempo.

    ResponderExcluir

® Blog Thays M. De Lima - Layout por A Design